Amo os encontros que São Paulo me proporciona!

– Vamos sair da sua zona de conforto.

– É por isso que se chama zona de conforto!

Responde Sheldon para Penny, num episódio de The Big Bang Theory.

Foi assim no sábado. Estava tudo tranquilo, os vizinhos estavam calmos, o estudo quase em dia, e os desenhos saindo nos diferentes papéis. A lembrança na cabeça, batia como um martelo o dever que eu queria esquecer: supermercado, supermercado, supermercado. Evitei várias vezes, arrumei outras coisas para fazer, coloquei música para desvencilhar o meu pensamento.

Dessa vez veio a furadeira: Está atenta ao andamento da casa, e não come o pão da preguiça.Provérbios 31:27Ah! Não dá para dizer não para a palavra de Deus! Me arrumei, o cabelo desleixado, o vestido longo, parecia uma hippie. É o tipo de estilo que combina com um sábado tranquilo e a mente leve. I love!

Os meus passos na rua confessavam a minha calmaria. Fazia tempo que não aproveitava uma caminhada à noite. O vento no rosto, o vestido dançando no meu corpo com a direção do vento, e os meus olhos de encontro a detalhes diários, as vezes desapercebidos: pessoas. Uma música ao longe chamou o meu ouvido, dei alguns passos e não aguentei. Virei tão rápido que esbarrei em alguém, não deu nem tempo de pedir desculpa. Aliás, não lembro se era homem ou mulher, os meus olhos estavam à procura de quem tocava o violino. Desci as escadas do metrô Vila Mariana, e meus lábios alinharam um sorriso. Lá estava o meu amigo, que conheci enquanto andava pelas ruas de Cascavel (PR) no ano de 2010. Ele estava acompanhado do viajante que também conheci em Cascavel e um barbudinho simpático.

Três músicos embalando uma música, como se não houvesse tempo a passar. Alías, era uma bela visão, três pessoas aproveitando a vida, saindo da sua zona de conforto para fazer algo diferente, enquanto o tempo, as pessoas, passavam apressadamente para seguir com a vida. Quem alí parava, entrava em um outro estado de espírito. Desfrutava de um momento único em que a música, tocada com tanto amor, fazia o mundo ir embora. E assim, todos os lábios se alinhavam em sorriso.

Música no metrô

Anúncios

4 comentários sobre “Amo os encontros que São Paulo me proporciona!

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s