Quem escreve, coleciona efêmeros

No dia 25 de Julho foi o Dia do Escritor. Chamei meu irmão para um café, papel e caneta a mão. Fui a busca de efêmeros naquele dia chuvoso frio em São Paulo. Quem escreve coleciona efêmeros, lí essa frase uma fase na página da Go Writers. A frase ecoou na minha cabeça e então fui colocá-la em ação.

A primeira ideia era abordar uma pessoa, puxar conversa de maneira despretensiosa. Perguntar como foi seu dia, esse tipo de coisa básica. Depois escrevi no papel, alguma frase que desencadeou a conversa. O papel tem 9cm x9cm, portanto o foco da foto não é enxergar o que está escrito e sim a feição da pessoa. Ir além. Porque, muito mais que colecionar a história, o objetivo é conhecer pessoas.

Retalho da vida - Jessica Tavares

Peguei um cappuccino de avelã porque além de gostar de oleaginosas, está bem quentinho. Porque o frio está FODA!

Retalho da vida - Jessica Tavares

Menina do céu! Hoje está frio pra caramba!

Retalho da vida - Jessica Tavares

Meu pois é me deixou na mão logo cedo!

Retalho da vida - Jessica Tavares

Fui levar meu bebê na escola e ele não quis ficar. Quando falei que ia levar uma surpresa, ele ficou quietinho.

As primeiras pessoas que abordei eram vizinhas, pessoas que tem comércio perto da minha casa. Personagens que de certa forma estão presentes no meu cotidiano. No mínimo bom dia e boa noite a gente se fala.

Tanto que demorei para fazer essa postagem. É bem simples. Compartilhar do seu tempo com alguém, é uma das coisas mais preciosas que pode acontecer para criar relacionamento. E foi isso que aconteceu comigo. Eu fui conversar com algumas pessoas que antes só dava bom dia. Soube coisas delas que eu nem imaginava, fiquei feliz em poder conhecer mais e compartilhar de mim também.

Fui com um objetivo, voltei com uma história diferente. E muito mais satisfeita! Eu conheci pessoas, fiz amigos, criei laços.

Aprendi várias lições com isso. Primeiro que é importante estar receptivo às mudanças. A mudança de rumo pode não ser o que você espera, mas poderá te trazer um resultado ainda melhor.
Segundo e mais importante: Pessoas são importantes. Relacionamentos são importantes. O porteiro, a vendedora, o balconista, pessoas que seriam passageiras, podem se tornar um marco na sua história.

Quem não gosta de ouvir um interessado e disposto: “Como foi seu dia?”.

Jéssica Tavares

Anúncios

2 comentários sobre “Quem escreve, coleciona efêmeros

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s