Mais chocolate, por favor!

A páscoa passou e eu ainda estou pensando em chocolate. Aliás, estou trabalhando numa doceria, portanto páscoa é todo dia para mim. “Cuidado com açúcar no sangue, ein?!”, o Artur me corrigiu. “Sim, claro. Mas eu nem como todos os dias”. Estou tentando, juro! Tão difícil dizer não para um chocolate belga. Hmmmm! Okay. Parei. Não vim falar sobre isso.

Desde que comecei com o projeto Paper is NOT the limit, eu quero desenhar em tudo. Olho detalhes e logo quero transformá-los em uma obra de arte.

Ganhei uma caixa cortesia da Vanini Doces para poder colocar um desenho em prática. Para esse desenho, continuei com a mesma textura do projeto e usei uma caneta ponta fina para deixá-lo bem delicado. E olha só que mimo:

jessica tavares - paper is not the limit - pattern - jessica tavares

jessica tavares - paper is not the limit - pattern - jessica tavaresEsse foi só o começo na verdade. Acho que planejei o desenho da caixa por umas três semanas. Eu a observava todos os dias com vontade de parar tudo e começar a rabiscar. Mas, não é assim que as coisas funcionam, então anotei num papel e planejei terminar algumas coisas antes de pegar a caixa para desenhar.

Enquanto planejava, eu pensei em pedir para minha patroa me ensinar a desenhar com chocolate, para que eu pudesse desenhar em alguns bombons e fazer uma bela foto do conjunto desenhado. Eu senti que não estava me desafiando o bastante a ponto de procurar uma maneira alternativa para produzir isso. Foi quando comecei a observar alguns riscos de faca em superfícies diferentes. Sabe, quando você vai cortar algo num prato de plástico por exemplo, e corta tão forte que a faca deixa um desenho?!

“E se a faca for o lápis e chocolate, o papel?!” Bombons para que te quero. Faca. Garfo e colher e comecei a experimentar como seria produzir esses riscos.

jessica tavares - paper is not the limit - pattern - jessica tavares

A superfície do chocolate é fina para desenhar, ao observar pensei que seria bem fácil desenhar com as três ferramentas. Não foi bem assim. Com a faca eu obtive o resultado mais satisfatório. Com apenas a ponta, eu consegui desenhar no chocolate como se estivesse usando uma caneta.

O garfo foi um pouco mais desafiador. A princípio eu queria usar uma ponta para fazer a textura, sem querer ao abaixar um pouquinho a mão, fiz um risco duplo em uma das formas geométricas, gostei! Peguei outros chocolates e o garfo foi produzindo um efeito diferente, duplo, triplo, quádruplo. O resultado ficou bem interessante.

Já a colher foi bem singela. Ela não penetrava na superfície do chocolate, apenas riscava bem fino, e o resultado foi a sensação de que o chocolate foi feito numa forminha com aquele desenho.

jessica tavares - paper is not the limit - pattern - jessica tavares

jessica tavares - paper is not the limit - pattern - jessica tavares

Como eu fiquei depois de tanto chocolate?! Bom! Eu não comi tudo. Err! Eu distribui de uma maneira especial para pessoas especiais que apoiam as esquisitices da minha caminhada artística. Algumas espinhas no meu rosto confessam que eu comi um ou dois bombons. Mas eu juro que dividi esse fardo que é comer chocolate.

Para conhecer mais desenhos do projeto Paper is NOT the limit acesse: paperisnotthelimit.tumblr.com

Anúncios

6 comentários sobre “Mais chocolate, por favor!

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s