Um erro é um erro. Não é uma vida inteira!

Passei nove meses pagando uma dívida que com muita falta de planejamento eu adquiri. Vivi um ano com esse dívida rolando sem a perspectiva de conseguir pagar. Morando em São Paulo, o salário do trabalho me mantinha para o mês, nada mais. Foram tempos muito difíceis e eu não tinha coragem de admitir o erro.

Tudo na vida acontece a partir da escolha. Se você quer mudar de vida, você tem que tomar uma atitude a respeito. Não precisa ser um grande passo, desde que você se arraste e saia um milímetro do lugar a cada dia, e lute para mover esse milímetro diariamente. O seu mundo não será mais o mesmo.

Antes de me mover, eu precisei admitir. E confesso, não há parte mais difícil do que essa. Você olhar para o seu erro e dizer em voz alta que “Eu estou errando”, ahh meu querido! Não tem orgulho que sobreviva a isso. Caminhei meio milímetro. Depois eu precisei descobrir o motivo disso acontecer. Foi aí que eu precisei trocar de pele como uma cobra faz. Desvesti o meu orgulho e disse com voz trêmula e coração doído: – Eu preciso de ajuda!

Quando você melhora algum aspecto sobre sua personalidade, ego, vício, mania ou o que quer que seja, significa que você criou consciência do que está acontecendo. O erro pode bater a mesma porta novamente, mas sua consciência avisa que seus pés já passaram por aqueles obstáculos. A estratégia nesse caminho em diante, é buscar fortalecer esses pontos que o fazem tropeçar. Amarrar o cadarço, dobrar a barra da calça ou até mesmo trocar de tênis. Fazer o que for possível até conseguir passar por aquele caminho, como se não houvesse obstáculo alí.

Acredito que estamos na Terra para evoluir. Um objetivo tão simples e diário: buscar ser um alguém melhor e conhecer esse alguém sem ter medo de chamar de eu. A perfeição é uma metáfora para uma charada ainda desconhecida.

Eu perdi o medo de me olhar no espelho. Me enfrento diariamente e luto para dizer não, que é erroneamente interpretado como uma palavra negativa. Digo não para trazer ao meu eu, uma vida mais leve, saudável, de buscas, encontros e aprendizados. Não se permita vestir o erro como um salto 15 caminhando na lama. Ande até dançar na lama com suas botas resistentes.

Anúncios

5 comentários sobre “Um erro é um erro. Não é uma vida inteira!

  1. Errar, nada mais humano. Estou bem familiarizado. Acho que sinto muito as consequências de cada erro. Hoje procuro entre pequenos gestos a maneira certa de continuar, sempre me questionando: estou na direção certa? Talvez lendo seu texto agora me dei conta de que existe apenas uma direção certa, “não conformar-se”, sair do gesto inerte e prosseguir. Mesmo que não seja fácil, aliás, não existe nada fácil.

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s