Hoje o céu estava lindo e eu estava sem câmera

Pela primeira vez estou trabalhando ao lado de uma janela. Já fiz isso home office antes, mas isso é outra coisa. Em casa tenho o processo criativo sempre mais liberto do que no trabalho, fora as intervenções de quem é aficionado por produzir conteúdo.

Quem me conhece logo se depara com minha paixão pelo seu e meu amor incansável pela Lua. Perceber o céu e o que ele apresenta, sempre será um momento de paz no meu dia. Seja por segundos ou minutos. Olho para o céu, logo descanso.

A princípio trabalhar ao lado de uma janela me pareceu estranho. Todas as agências que trabalhei me apresentou um ambiente tão fechado e fora do mundo que não percebia a hora passar a não ser pela fome. Vivi. Sobrevivi e achava que era o lugar certo para estar.

Agora chego no trabalho e ao sentar a mesa abro a cortina e a janela que foram carinhosamente apelidadas pelos membros da equipe. Respiro fundo. Ouço a cidade. Aqui em São Paulo é triste quando dá pra ver a poluição andando pelo ar. A gente sabe que está lá, mas ver isso dá uma tristeza instantânea de saúde zero. Hoje estava assim. Respirar fundo foi desagradável. Ar seco. Sinusite batendo à porta.

O final do dia veio mais agradável. Uma faixa rosada passava pelo céu e parecia seguir como uma nota musical. Uma música clássica e suntuosa em meio ao caos. Esse tipo de música te faz esquecer o caos e concentrar apenas na melodia. Corri para a janela e observei São Paulo sendo tão incrível. Corri para pegar o celular. – Mas você já fez essa foto milhares de vezes, Jessica! Eu disse a mim mesma enquanto minhas mãos tentavam chegar até o celular. – Acabou a bateria!

Me frustrei tanto. Mas durou menos de um minuto. Lembrei que meu objetivo de andar sem o carregador do celular pra lá e pra cá, é pra eu desapegar das facilidades que ele me oferece, e do mundo que o celular me prende. Parei em frente a janela por um tempo e vivi aquela cena sem interrupção digital. Um céu inteiro a minha disposição, deslumbrante que só ele, estático para ser contemplado. Sem ticket de entrada ou politicagem.

Ví a Lua. Cheia. Tão próxima, tão poderosa. Quando cheguei em casa descobri que um fenômeno a fez a segunda Lua Cheia seguida no mês, o fenômeno é chamado de Lua Azul.

Fazer uma escolha e depois transformá-la em ação é um dos maiores poderes que já vivi. Tenho certeza que se eu decidir ver o meu redor todos os dias, e ficar menos tempo no digital, vou ver a vida acontecer de maneira mais surpreendente e poder ser participante ativa.

Instagram. Facebook. Twitter.

Anúncios

13 comentários sobre “Hoje o céu estava lindo e eu estava sem câmera

  1. Eu entendo total e completamente, Jéssica!
    Na verdade, eu nem tenho câmera. Meu celular é daqueles modelos bem velhinhos, cuja câmera é uma bosta e faz aquele barulhão quando tira uma foto e demora horrores para salvá-la. Raramente o uso para este fim… Como sei que não posso tirar fotos das coisas, eu acabo me detendo sempre um pouco mais nelas, me deixando fixar a beleza de suas existências efêmeras nas minhas retinas e memórias. É saudoso, sim, mas eu acho que é muito mais intenso.

    Aproveite bem a sua janela. Que presente maravilhoso, né? :3 haha
    Beijo!

    • Adoreii! Verdade. Tão mais intenso e poderoso não é?! E ah?! As câmeras assim, fazem as fotos de uma maneira incrivelmente artística. Olhe para suas fotos e pense-as de maneira mais livre. Você vai conseguir ver e produzir de uma maneira mais inspiradora. ;D
      Abração! E obrigada por passar por aqui!

  2. Ps: Eu também sempre olho para o céu. A noite, as estrelas, são amores meus, Bem, eu estudo as estrelas no Observatório, afinal… hahaha Mas meu encanto pela Noite e seus presentes é tal, que decidi minha profissão em cima disso! =D hahaha

  3. Nossa, cada vez fico mais surpreso e com vontade de ler seus post, sao uma leitura agradavel e carinhosa, onde conheço de uma forma diferente quem vejo todos os dias de uma forma diferente… E ate a Cristina contemplada…. parabens, e legal mesmo alem de fotografias, e(leia com acento quando for mais entendivel, pois nao estou conseguindo o por) o momentus unico que importa e torna um algo especial…. e melhor de tudo… SEU… onde pode-se compartilhar apenas com quem esta ao seu lado.

  4. Antes, comprávamos celulares que até tiravam fotos…Hoje os celulares alem de fotos e tantas outras utilidades – por vezes inúteis- até fazem ligação. … coisa que nao usamos muito mais…
    o mundo digital une aqueles que estão longe e afasta o qye estao perto. ..
    Quanto a lua… ela é sempre bela…. bjoooo pra vc…. texto bem legal…

  5. Tua janela, que mostra o caos lá fora, é teu portal para a paz que cresce dentro de você, initerruptamente, à luz de uma lua que se deixa observar sem muitas complicações. Vale muito o que se registra na memória!

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s