A brisa da manhã

O sol nascendo

Ou a nuvem encobrindo o céu

A luz da cidade é a natureza

O silêncio da brisa ao rosto

Ela não fala

Traz energia alguma

É o próprio nada tocando a pele

Um respirar profundo

Como alguém que está apaixonado

O expirar é sua energia

Assim começam os dias

Um transformar um nada em você

Em deixar um pouco de você em cada passo.

Anúncios

2 comentários sobre “A brisa da manhã

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s