Dylan e Picasso estavam sempre se arriscando ao fracasso

Sentada em um banco que tinha uma espera mais doída do que minhas lágrimas poderiam dizer. Escutava o barulho dos carros e debulhava na leitura sobre a ascensão de Steve Jobs com a Apple. Na página 35 o autor mencionou uma fala de Steve na qual me fez enxugar a dor. Parar de ler. Criar um plano.

Porquê eu ainda não fiz e o que tenho que fazer para chegar onde quero? Pela primeira vez eu me senti no caminho. Não sei se perto ou longe, mas caminhando rumo a.

O foco manteve os pés de Steve Jobs no chão. A estrada o levou para frente. Mas a ousadia… Ah! A ousadia de Steve Jobs levou uma empresa ao topo, com as qualidades que só a Apple tem.

O título do texto, a página 35 do livro me cobriu de coragem. Tem coisas que a gente perde diariamente e só percebe quando deixou lá pra trás. E tem qualidades que a gente não consegue se ver pois o ego quer ir pra trás ao invés de olhar pra frente.

É preciso tomar uma atitude para se fazer. Arriscar ao fracasso não é ponto negativo.

Anúncios

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s