Segunda-feira rende a madrugada

Estava escuro ainda quando o sono me jogou para fora. Cuspiu meu cansaço como se a semana tivesse sido limpa e sem obstáculos.

Meus olhos correram à procura de informação. 4h20. Senti vontade de dormir. Era segunda-feira. Precisaria levantar daqui umas horas. Tentava fechar os olhos e eles gritavam por luz. Depois que os pensamentos correram pelo corpo e chegaram até a cabeça, não teve mais jeito.

Um copo de água para ter forças para colocar os pensamentos no papel. Escrevi. Escrevi. Escrevi tanto que esqueci de ver a hora passar. Descartei muitas palavras e pensamentos. Precisava me decidir em qual direção eu me levaria.

Não estou preparada para escrever sobre o amor. Sonho com amores impossíveis. Fantasio adeus ao invés do ficar. Escolho sempre o drama ao invés da felicidade. Tem algo errado aqui. Decidir mudar mas não queria fantasiar a estadia de quem nem voltou, ou nem veio, vou lá saber.

Tenho sonhado tanto ultimamente que acordo assustada. O rosto parece conhecido mas o sentimento é confuso.

Anúncios

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s